Tuesday, January 29, 2008

Cheiro de cafe com chuva

Eis me em Sampa, apos uma passada em Brusque, Itapema, Nova Trento, Floripa e Curitiba. Alias, visitei pela primeira vez o museu do Oscar Niemeyer, aquele em formato de olho. Altamente recomendavel. Gosto do jeito gentil do pessoal do Sul.

Bebo um cafe e observo a chuvinha que cai lah fora. Tanta vida para organizar nesta volta para casa que me sinto meio sem chao. Essas fases de transicao sao curiosas; existe um forte desejo de sair fazendo um monte de atividades, mas a mente freia tudo e pede mais foco, pressionando a fazer escolhas mais acertadas. Esquece-se, porem, que a certeza eh algo tao relativo, especialmente nesses dias nublados.

Foto: eu no museu do Niemeyer, 27/01/08

3 comments:

Debora said...

Nevou no Yosemite uma semana sem parar. Ontem a neve deu trégua, ufa. Pensei em vc em várias ocasiões. Fotos da tempestade no multiply.
Bj!

Anonymous said...

Bon courage no recomeço aí, chuchuzinha. Pena que não estou por aí pra retomarmos as aulas de yoga!
Beijos e saudades,
Carol.
P.S. To imaginando quantas pessoas já te perguntaram: "E os planos? E os planos?" hehehe

Carline :) said...

Débora, a neve é sempre mais romântica em álbuns de fotos. Mas eu comprei finalmente um par de trekking boots nova que me faria brincar feliz pelo chão gelado :) Beijão pra ti!

Carolzitaaaaa, que venha os elefantinhos no Buddha Hall :)
No sábado foi a vez da Cilene ousar perguntar sobre os meus planos. Afe! hehhee