Wednesday, June 14, 2006

fe-ri-a-do

A verdade é que a gente se acostuma a viver longe da família. Aprende a viver sem muitas saudades, tocando o trabalho em São Paulo, mantendo a busca espiritual ocupada com cursos filosóficos, meditação, prática de yoga, atenção plena no momento presente. A vida segue movimentada, porém fluída. E feliz.

Mas é só comprar a passagem para Santa Catarina que sou inundada de sensíveis memórias e de muita expectativa. De sentir novamente o gosto do bolo de cenoura e do “banho-maria”, de ouvir o pai reclamar do futebol (e domingo terá Brasil na Copa do Mundo!), de sentir a brisa gelada do outono levando a areia de Itapema, praia totalmente vazia nessa época do ano. O frio do vento já vem associado ao café quentinho da mãe, com todas as iguarias das padarias alemãs-catarinenses. E o aviso dela: toma banho durante a tarde porque à noite é bem mais frio.

Como de costume, sentarei na varanda para ler ficção e devo ouvir de longe o pai perguntando ao vizinho “E aí, como vai a força?!”. Sim, amanhã de manhã, será muito bom estar em casa novamente. Ainda mais em época de pinhão.

5 comments:

Cinthia said...

Aproveite por mim irmazinha!!!!! bolo de cenoura??? eu ouvi a mae reclamando que ia ter que fazer nega maluca :) bjussss

Carol Cordioli said...

Amada, aproveita bem enquanto ainda dá pra pegar um busão e ir matar as saudades das coisas boas de casa.
E vê se vem logo trazer o sol pra Bahia!!! Saudades, chuchuzinha. Beijocas,
Carol.

Anonymous said...

Bom saber que fiz parte desse feriado!
Espero ainda poder comer muita "cuca de Miriam" na casa da Dona Marlene!!!
Bjão!
Mariane

Carline :) said...

Pra Cinthia: o bolo de cenoura ficou mesmo para outra vez. Falamos muito de ti, Pequeninha. As saudades aumentaram :)

Pra Carolzita: falta praticamente 1 mês para as férias baianas eeeeeeeee

Pra Mari: é cuQUE de Miriam hahahaha Beijo, beijo

Anonymous said...

"Cuca", "Cuga", "Cuque" - derivados fonéticos da mesma palavra de origem alemã - KUCHEN - torta/bolo de massa simples e levemente doce, sobre a qual se coloca uma cobertura feita com frutas, fafora, queijo ou qualquer outra iguaria... doce!
Seja lá como se fala... é bom.... muito bom...comer cuca, cuga, cuque...
bjão!
Mari