Sunday, August 10, 2008

Feliz Dia dos Pais

Meu papi Dirceu almoçou com a família na churrascaria Maestri e aproveitou a tarde para assistir o time de futebol bruxxxquense empatando em zero a zero com os jogadores de Concórdia, no estádio do "Carrenô". De mim, ganhou uma ligação pelo skype e a biografia do Tim Maia, "Vale Tudo", escrita por Nelson Motta.
- Mas como é que a história? Ele é herói ou vilão?
- Você tem que ler o livro, pai!
- Aquilo tudo?
- Aquilo tudo.

***********************************************************
São 10 da noite e eu tento terminar de redigir o trabalho para o curso da FGV, uma análise da afirmativa:
Embora os indicadores sugiram que o mundo viaja em uma trajetória insustentável, é possível alterar o curso se tivermos vontade política para utilizar, no pouco tempo disponível, o conhecimento e a habilidade tecnológica existentes.

Aceito referências bibliográficas ;)

**********************************************************
Começarei a semana na ponte aérea Sampa-Rio, para uma reunião de trabalho.

Estive lá na semana passada e consegui "administrar" na agenda belas caminhadas pelas areias do Leme e de Copacabana e a apreciação de um pôr-de-sol com a amiga carioca Wanessa, lá do Instituto Nyingma do Rio de Janeiro. Tão bom saber que não existe inverno na cidade.

Dormi no apê da Cami PNJ e Ricardo, que sempre me recebem com muito carinho. Uma quinta-feira especial, com oceano, sol e doces amigos.

Amanhã tem mais!

*********** ******************* **********
Na ausência do Kalidas, que está de férias do Surya, me pediram para dar duas aulas de Iyengar Yoga, na semana passada. Como toda (marcante) primeira vez, a voz ousou sumir. Conseguiu ficar mais rouca do que já é. Depois conto mais.

3 comments:

Camila said...

Adorei a tua visita. De novo!!
Pode vir mais que o quarto já é praticamente teu.
Beijoca!!

Poivrier said...

Que bom ter notícias do Rio através de você...
Amo o Rio de Janeiro. Saudades infinitas daquela cidade. Foi a primeira cidade que conheci, o primeiro vôo de avião, tantas recordações lindas... Saudades.

Beijo Carli, que tudo esteja bem por aí!

:)

Carline :) said...

Camilinhaaaaaaaaaa
E o vôlei de praia nas areias de Copacabana? Mandasse ver nos ataques de bola?!

Simone, chuchuzinha, o Rio é mesmo muito especial. Eu namorei um carioca por uns dois anos (faz teeeempo) e fico imensamente feliz em sobrepor novas lembranças da wonderful city heheeh
Te encontro no Yoga pela Paz, domingo?

Beijão para as duas!