Thursday, August 14, 2008

Às vezes me pergunto: de onde vem tanta energia?

Ok, ok, não estou me candidatando ao posto de Ivete Sangalo, mas são 11 da noite e eu estou acordadíssima, querendo mais é ler/assistir vídeos do youtube/mandar e-mail para a lista PéNaJaca/estudar Gestão Ambiental/ver Olímpiadas (gente, um atleta tacou o bronze no chão tsc tsc) do que dormir.

Isso após ter trabalhado na Triple full time e ter dado aula de yoga no Surya (até às 21h) . Quando alimentamos o dia com muitas atividades que nos fazem crescer, parece que não existe cansaço. Mas eu tenho que dormir. Para participar da aula de yoga da Renata, amanhã, às 7 ;)

Boa noite, ouvindo Seal (If I could)...

"There's no reason for you to lose your mind,
Cause I've seen something,
That's gonna change our time.
If I could, I'd make you understand.
If I could, I'd make you understand.Ah...
There's no hurry,
It's gonna come for sure,
Cause I know that someday,
We're gonna end our war.
If I could, I'd make you understand.
If I could, I'd make you understand.
Yes, I'd stand, and if I...I...If I could I would now."

2 comments:

Poivrier said...

Não sei de onde vem, mas o que leio me anima tanto!

Mentalizando total o sol amanhã, para que o encerramento do Yoga Pela Paz seja incrível :)

Nena, um dia chego nesse patamar "energético"!

Bjo :)

Carline :) said...

Olá, amoreco, é sempre ótimo receber uma visita sua. Tanto mentalizou que o sol estava bombando no Yoga Pela Paz. Em pleno "inverno", 31 graus. Um beijo enorme para ti!