Sunday, January 25, 2009

"There is a great silence that is listening to the thoughts" Adyashanti

Mais poesia e menos rebeldia. Assim descrevo o show de Alanis Morissette em sua nova turnê Flavors of Entanglement. As luzes do palco, as projeções de orquídeas gigantes e muito coloridas e a presença da canadense, que até fez cinco minutos de giro sufi (imagina só que linda com aquele cabelão todo solto), transbordaram um sentimento de enjoy your life.

Na terra do forró e com show do Jota Quest de graça competitindo, não consegui convencer nenhum colega aqui em Fortaleza a me acompanhar. Sozinha, aproveitei para saborear todas as memórias de adolescência que acompanham Jagged Little Pill. O CD me lembra Brusque, especialmente quando a Dani o ganhou em um amigo secreto e eu perguntei: quem é ela? Eu achava a Dani uma versão catarina da Alanis, ousada, de personalidade forte e, sim, com cabelões também. Também via a Naomi pelo viés Morissette. E me via também, acolhendo sonhos de ir um dia para Londres e percorrer o mundo. Aos 30, estamos todas tão diferentes e foi gostoso ver a Alanis com seus trinta e poucos também. Mais serena, sei lá, mais livre? Apenas impressões, mas que emocionaram.

O público quase pirou em "You Oughta Now", em que ela eternamente vai xingar o seu ex-namorado. Eu sempre preferi Perfect...

Perfect

Sometimes is never quite enough
If you're flawless, then you'll win my love

Don't forget to win first place
Don't forget to keep that smile on your face

Be a good boy
Try a little harder
You've got to measure up
And make me prouder

How long before you screw it up
How many times do I have to tell you to hurry up
With everything I do for you
The least you can do is keep quiet

Be a good girl
You've gotta try a little harder
That simply wasn't good enough
To make us proud

I'll live for you
I'll make you what I never was
If you're the best, then maybe so am I
Compared to him compared to her
I'm doing this for your own damn good
You'll make up for what I blew
What's the problem ...... why are you crying

Be a good boy
Push a little farther now
That wasn't fast enough
To make us happy
We'll love you just the way you are
if you're perfect


A mensagem do título é recomendação da Alanis em seu site oficial www.alanis.com e a foto eu pesquei no google (não tinha crédito, sorry).

3 comments:

Poivrier said...

Alanis, fez parte da trilha sonora de minha vida em 1995.
A primeira vez que ouvi o cd até o fim quase morri de susto, com a última faixa que não é mencionada em lugar algum...

Bacana ir à um show sozinha, R$60 e Alanis? Incrível.

"Enough about me, let´s talk about you for a minute. Enough about you, let´s talk about life for a while. The conflicts, the craziness and the sound of pretenses falling all around... all around" (All I really want)

Saludos Carli!

Te mando um beijo

Dani Barbará said...

Eu adoro ela também. Sua irreverência e sua falta de pudores eu acho marcante. Não vou conseguir ir ao show infelizmente.
Mas não podemos ter tudo, né?
Saudades de você amiga.
Beijos,
Dani Barbará

Anonymous said...

oi Carli!
Que legal que visse a Alanis! Apesar dela ser canadense ainda nao tive a oportunidade de ouvir ao vivo, logo a oportunidade aparece :)
Bons tempos aqueles em Brusque, hoje contei pra um casal de amigos canadenses que acabaram de sair daqui de casa como nos medíamos a distancia no mapa mundi naquela epoca gostosa da henrique hoffmann - lembras do controle remoto? Acho que de Brusque a NY eram 3...
Incrivel como a vida da voltas.
Beijos
Dani Zen