Friday, November 17, 2006

"Pelas janelas de um barco faz-se o mundo passar


... Que me desculpem os entendidos com seus rigores técnicos e nomes precisos - mais do que escotilhas, gaiútas ou vigias, o meu barco tem portas e janelas. Sete, grandes e claras, por onde, trabalhando as velas e juntando as milhas, fiz passar as latitudes e paisagens que procurei. E uma porta, por onde passei mais vezes do que sei.

Sete janelas, uma para cada mar, voltadas para os lados e para a frente, que transformaram distâncias em tempo, fizeram do desconhecido o seu porto e, ao final, não se fecharam em porto nenhum. Vinte e dois meses viajando no Paratii, atravessando nos alísios as areais do Saara ou marcando de gelo o alumínio do costado descobri que apenas para isso serve um barco.

Para não viver em portos e navegar. Para fazer passar por suas janelas o mundo e, um dia voltar..."

(Livro "As janelas do Paratii", by Amyr Klink, que li em 29 de outubro, a bordo do Kuarup, veleiro do amigo Fábio) Posted by Picasa

2 comments:

Jota Ninos said...

Carline,
estou "roubando" algumas de tuas maravilhosas fotos e guardando em meus arquivos. Vou linkar teu blog no meu e no dos alunos do iespes.
Abraços

Cinthia said...

Irmazinha, to tendo tempo de passar por aqui sim. na ultima vez que tentei escrever o blogger deu problema qdo tentei postar o comment, mas tenho entrado quase todo dia pra conferir as fotinhos e ler as tuas loucuras por aih. te cuidas viu!?!? :) beijooooo grande!!!!!!!!!!!!! te amus