Wednesday, November 08, 2006

Saudades da estrelinha do mar


- Tem arraia?
- Tem, sim senhora.
- E como se faz pra tomar banho no rio, então?
- Vai pisando devagarinho e batendo palmas na água pra afugentar.
- Pfff ... Isso aí não adianta, dona. Dizem até que arraia é meio surda!
- Bom, alguém me avisou que durante o dia não tem problema, pois elas aparecem mais à noitinha. É isso?
- Mas quando! Meu amigo levou uma ferroada no dedão que abriu um buracão que só vendo. E era dia de sol bem forte, que nem hoje.
- E o tal arrastando o pé no lodo do rio para a arraia sair correndo?
- Olha, nem sempre funciona. Meu primo que é pescador foi nessas e scheleft! Quase perdeu a perna depois que gangrenou a ferida.
- O jeito, moça, é contar mesmo com a sorte. E nadar sem encostar os pés no chão.Posted by Picasa

Foto: minha pernona (não reconheceu, meu bem?) mostrando as águas claras do Rio Arapiuns, na praia de Ponta Grande. Infelizmente, com muitas arraias, mas com a sorte ao me lado.

3 comments:

Camila said...

Querida amiga,
Estou até agora arrepiada com as tuas fotos e as legendas muito bem escolhidas. Quase chorei ao final, se é que tu acreditas nessa tua amiga de coração gelado.
Saiba que tenho feito essa viagem contigo e que já me sinto íntima dos bichinhos que te apurrinham, das sandálias havaianas surradas, do balanço da rede e desse povo tão sofrido e ao mesmo tempo tão alegre.
Morro de orgulho de você!
Beijocas, Cami

Anonymous said...

Carli querida,

Concordo e concordo com a Cami. Sempre me emociono com a sua capacidade de viver. E mais ainda com a sua generosidade e fome do belo, do sagrado.
Tuas imagens são lindas. Como disse a Cami, a gente viaja junto.

Bom demais ser amiga de pessoas como vc.

bjo enorme
Cilene

Carol Cordioli said...

Mas são duas puxa-saco mesmo, hein?! :P heheheeh
Eu também to viajando junto, mas pulei a parte de pisar nas arraias!