Friday, September 01, 2006

Deixa a vida me levar, vida leva eu!

Ousar dar uma pausa. Acredite: é realmente compensador.

Aproveitar siestas após o almoço, sem culpa. E, ao acordar, saborear cada parágrafo daquele livro que você comprou durante a universidade e nunca teve tempo de ler. Crime e Castigo. Dostoiévski. Ando tendo sonhos mais nebulosos :)

Pausa de São Paulo, mas com bastante programas familiares. No último fim de semana, visitei meus tios em Mirim Doce, uma cidadezinha com 2.900 habitantes, sem nada (claro) para fazer, exceto contemplar a poeira levantada alta pelo toró chegando repentinamente. Longas explicações para a família churrasco entender como alguém pode deixar de comer carne e continuar sorrindo.

Também fui a Videira, fazer festa na sala do prefeito, que é o meu tio, Carlos Piva. Com direito ao mico de tirar fotos fazendo pose na cadeira dele. Adivinha onde almoçamos? Em um espeto corrido! No caminho, os campos de macieiras de Fraiburgo. Muito verde, vales, plantações de arroz, cachoeiras. Ainda faz inverno em Santa Catarina. Ainda se encontra pinhão para colocar na panela de pressão.

Ontem, convidamos os pais do Dudu e Paula para jantar conosco. Uma prosa deliciosa que durou até meia-noite, sem ninguém perceber. Ando me especializando em lasanhas!

De Itapema, sigo em breve para Floripa. É hora de abraçar a Talia, Tati e Gil, Carol e, principalmente, aprovar o namorado francês dela. Vamos ver se ele encara bem a trilha para a Lagoinha do Leste!

1 comment:

Camila said...

Finalmente voltaste a escrever no teu blog! Ae!!
Amiga, tu não sabes como te admiro por conseguires relaxar sem culpa, sem pensar no amanhã, sem pensar em carreira, futuro, essas coisas que todos vivem cobrando da gente. Eu me cobro demais. Muito mais do que meus pais ou "a sociedade". Queria sossegar assim, mas só me permito nas minhas férias anuais e no descanso de final de ano. Se bem que meu "sossegar" e "descanso", incluindo as férias, e ir ao maior número de praias possíveis, acordar cedo e dormir tarde, visitar todos os amigos, ler todos os livros que puder, etc etc etc. É o meu jeito de relaxar atacada como sempre!
Minha mãe diz que sou louca por fazer pós (bem puxada esse semestre), francês e espanhol, tudo junto de uma vez. Eu acho que funciono melhor assim.
Quanto ao meu futuro, que perguntaste hoje, só Deus sabe! Eu intercalo planos de estudar francês, ir morar no Rio, continuar em Brasília com muita facilidade.
E cadê a novidade da mudança de apto e da ONG em Santarém? Esqueceu do lead dessa vez? :)
Beijo!
Camila, at home